O teu olho treme por vezes? Então tens mesmo de saber isto pois nem deves imaginar a causa!

Alguma vez tiveste um olho a tremer sem conseguires controlá-lo? Este fenómeno é muito comum e não é preocupante, mas vamos explicar porque acontece.

Não se trata de um tique ou de um sintoma de uma doença, sendo apenas um tremor que na maior parte dos casos afeta a pálpebra inferior, é constituído por contrações involuntárias do músculo orbicular das pálpebras e tem duração limitada.

CONFIRA-A-CAUSA-SE-SEU-OLHO-TREME-FREQUENTEMENTE-430x285

Este tremor, que tem o nome de “blefarite”, prevalece mais entre os homens do que entre as mulheres devido à carga excessiva de tensão nervosa, cujos principais responsáveis são o stress e a ausência ou falta de sono.

Basicamente, este tremor em si não constitui um risco para a saúde e serve apenas para sinalizar que há algo que pode estar errado. Por isso, se o desconforto se tornar frequente, é recomendado consultar um neurologista. Embora este tremor seja quase sempre temporário, pode tornar-se contínuo e durar vários dias seguidos, sendo aí recomendado ir a um médico, principalmente se o tremor se estender das pálpebras a outras zonas do rosto.

De qualquer forma, existem alguns truques para reduzir ou aliviar a blefarite: podes fazer uma automassagem com a ponta dos dedos num movimento circular, ou lavar o rosto apenas com água e não o secar com uma toalha.

Gosto desta publicação -->
contracao-involuntaria-da-palpebra

Se a causa dor tremor for o stress, podes tentar eliminá-lo ou recuperar alguma tranquilidade sentando-te num lugar calmo e mantendo as costas retas, respirando lenta e profundamente e expirando pela boca. Esta técnica de respiração é simples mas é eficaz no relaxamento dos nervos. Também é importante descansar o máximo possível para evitar o cansaço do corpo.

Noutros casos, a contração dos músculos das pálpebras chama-se “mioquimia”, uma condição que pode ser resultante de uma alergia, um desequilíbrio nutricional, consumo de álcool excessivo, abuso de cafeína ou simplesmente olhos cansados ou demasiado secos.

As pessoas com uma ou mais alergias a nível ocular costumam libertar lágrimas em excesso, acompanhadas por uma coceira nos olhos ou um inchaço suspeito.

Quando esfregas os olhos, a conjuntiva liberta histamina e são geradas mais lágrimas, e segundo alguns estudos, essa é a mesma histamina que pode provocar espasmos nas pálpebras.

Várias outras investigações verificaram que estes movimentos descontrolados podem resultar da falta de nutrientes específicos, nomeadamente potássio e magnésio. Apesar de serem necessários mais estudos para confirmar a validade científica desta ideia, sabe-se que tomar magnésio não faz mal, portanto podes considerar incluir mais alimentos que contenham este mineral na tua alimentação.

Em casos graves, o único remédio para as contrações das pálpebras consiste em injeções de botox, depois de uma consulta médica e cirurgia específica.

Disseram-te para consumires canela porque faz bem? Mas isto não te contaram!

A Avó Mais Em Forma Do Mundo Celebra 80 Anos