5 remédios caseiros para eliminar a dor ciática

PUBLICIDADE

A dor ciática é muito incómoda e pode limitar em muito a qualidade de vida de quem sofre com ela.

O nervo ciático é o mais comprido do corpo humano, e quando inflamado provoca uma dor forte que vai desde as costelas até abaixo do joelho, que pode causar imobilidade parcial ou mesmo total.

Embora descansar possa ajudar, não se deve descansar demasiado porque a inatividade acaba por agravar a dor.

PUBLICIDADE

Para além da dor, podem ainda existir outros sintomas tais como pernas pesadas, formigueiro e desconforto ao sentar.

Entre as causas da inflamação do nervo ciático encontram-se uma hérnia discal, diabetes, síndrome do piriforme ou até mesmo infeções pelo vírus do herpes!

As pessoas que apresentam uma maior predisposição a desenvolver este problema são as mais sedentárias, que se encontram acima do peso, que sofram de diabetes, as que costumam levantar muitos pesos ou passam muito tempo sentadas com movimentos que forçam as costas (como por exemplo motoristas).

Se sofreres deste problema, é importante que sejas seguido por um bom médico. Entretanto, deixamos-te algumas dicas naturais para ir facilitando o processo:

  • Terapia calor-frio

Nos primeiros 2-3 dias de tratamento, deves fazer compressas frias envolvendo uma bolsa de gelo numa toalha e colocando-a na área afetada durante 20 minutos, várias vezes ao dia. Passada esta fase, deves então repetir o procedimento, mas dessa vez com compressas quentes, alternando com compressas frias caso a dor persista.

PUBLICIDADE

  • Arnica

Passa tintura ou pomada de arnica, que pode ser encontrada em lojas de produtos naturais, na zona dorida.

  • Cúrcuma (também conhecida como açafrão-da-terra)

Aplica uma pasta feita com açafrão e azeite na área dorida durante 30 minutos.

  • Vinagre de maçã

Este método deve sempre ser feito à noite, e consiste em colocar água quente até metade de um balde de 20 litros, à temperatura máxima que os pés consigam suportar. Posto isto, acrescenta um punhado de sal e meio litro de vinagre de maçã, mexe bem e coloca os pés dentro do balde até que a água arrefeça. Quando os retirares, enxuga-os bem, envolve-os numa toalha seca e vai diretamente para a cama, pois é necessário manter os pés aquecidos. Para esse efeito, deves dormir com uma toalha ou lençol a envolve-los. No dia seguinte, sai da cama com chinelos, sem pisar o chão sem eles. Utiliza sempre sapatos até à hora de tomar banho. Faz isto uma vez, e caso a dor passe logo no primeiro dia, repete a cada 6 meses ou quando sentires a dor novamente.

  • Leite de alho

Aqui fica a receita do leite de alho, utilizada antigamente:

Ingredientes

  • 3 cabeças de alho picadas (não os dentes de alho, mas sim as cabeças, isto é, o bolbo completo)
  • Meia colher de chá de açafrão-da-terra/curcuma em pó
  • ¼ colher de chá de pimenta-do-reino moída na hora
  • 1 copo de leite

Modo de preparação

  • Leva os ingredientes a ferver até que a mistura reduza e se torne um pouco espessa;
  • Desliga o lume e espera que arrefeça;
  • Bate no liquidificador para que fique homogéneo;
  • Transfere o conteúdo para uma embalagem de vidro esterilizada e com tampa e fecha bem;
  • Toma 3 colheres de sopa por dia, de preferência antes das refeições principais.
  • As pessoas sensíveis ao alho podem fazer a receita com menos cabeças, de forma a ficar menos concentrado.

Nota: consulta sempre o teu médico antes de iniciar um tratamento natural.

PUBLICIDADE