Mulher é criticada pelas suas pernas “asquerosas”, então ela publica uma fotografia de perto e cala a boca do mundo

Esta é a história de Jacqueline Adan, uma mulher americana que chegou a pesar 220kg, quando decidiu que estava na altura de mudar de vida.

Então, Jacqueline começou a fazer uma alimentação saudável e a praticar exercício físico, tendo perdido quase 150kg!

Infelizmente, por ter emagrecido bastante, ficou com a pele flácida e muito descaída, principalmente nas pernas, o que afetou a sua autoestima, mas acabou por aceitar e lembrar-se que era uma prova do seu esforço e mudança.

Pela primeira vez me muito tempo, após ter perdido peso, Jacqueline sentiu finalmente à-vontade suficiente para usar um fato de banho quando foi de férias.

Porém, um casal que estava por perto começou a rir das suas pernas e tirou fotos dela, comentando que as suas pernas eram “asquerosas”.

Então, Jacqueline decidiu publica a fotografia das suas pernas no Instagram com a seguinte descrição:

“Este é o meu corpo e estou orgulhosa disso… Há algumas semanas atrás, eu estava de férias no México. Foi a primeira vez em muito tempo que ousei usar um fato de banho. Eu costumava esconder o meu corpo.

Eu estava nervosa quando fui até a piscina. Ainda me sentia como aquela rapariga que pesava 200 quilos. E foi isto que aconteceu: um casal na piscina começou a apontar e a fazer troça de mim. Você provavelmente está a perguntar-se o que fiz nessa altura… Eu respirei fundo e fui para a piscina de qualquer maneira. Pode parecer algo sem importância, mas para mim foi um momento importante.

Eu tinha mudado. Já não sou a mesma mulher. Sim, a minha pele está esticada e solta e pendurada. Eu ainda me sinto insegura sobre o meu corpo, e sim, as pessoas continuarão a rir.

Para ser sincera, foi difícil ouvir o casal a rir de mim. Mas eu tinha decidido não permitir que outros me mandassem abaixo e me fizessem sentir mal. Não permitirei que as opiniões de outras pessoas me impeçam de viver a vida que eu quero.

Essas pessoas não me conhecem. Elas não sabem o quanto eu trabalhei para perder peso. Elas não têm o direito de me apontar o dedo e rir. É por isso que eu sorri para eles.

Lembre-se que não importa se os outros tentam desencorajá-lo. O que realmente interessa é como lidamos com isso… Ame-se do jeito que você é, mesmo que seja difícil. Vão sempre existir pessoas a tentar mandá-lo abaixo, sempre foi assim e sempre assim será. O importante é que você se ame. Que queira estar no seu corpo. Espero que faça isso e mantenha um sorriso no rosto.”

Uma história inspiradora que mostra que a única coisa asquerosa no meio disto tudo é a atitude das pessoas.

PARTILHE!

Piloto de rali prodígio de 17 anos fez finalmente o exame de condução

A triste história de um homem viciado em droga que escondia uma voz maravilhosa