in ,

Mãe solteira vive numa garagem com os dois filhos

Esta situação pode acontecer a qualquer pessoa – uma mudança gradual na vizinhança pode surgir e acabar por alterar tudo. Isto tem acontecido por todo o lado nos Estados Unidos da América, mas mais recentemente deu-se na Baía de São Francisco.

O desenvolvimento das tecnologias nesta zona causou uma afluência de vizinhos abastados, fazendo com que os custos das casas subissem até aproximadamente $3.000 por mês.

Nicole Jones, uma mãe solteira com dois filhos, passou a não conseguir sustentar casa no sítio onde sempre viveu. Agora, vê-se obrigada a viver numa garagem com os dois filhos, pelo preço de $1.000 por mês.

Surpreendentemente, a garagem é mais acolhedora do que se poderia pensar e está adaptada com uma cozinha e uma casa-de-banho.

Mesmo assim, quando Nicole quis partilhar a sua história para chamar à atenção da crise imobiliária e dos sem-abrigo, foi bastante criticada. As pessoas disseram-lhe para mudar para outro sítio, como se fosse muito fácil tendo dois filhos.

“Honestamente, sempre pensei que os sem-abrigo fossem pedintes, pessoas na rua que estavam esfomeadas e com frio, ou viciados em drogas e álcool, que não queriam fazer nada por si mesmas.”, contou Nicole, “Eu trabalho e tenho um salário decente. Acho que parte da razão porque fiquei sem casa é porque os encargos de encontrar emprego, cuidados para as crianças, transportes e tudo combinado torna isso impossível”.

Nicole gastou $750 em taxas de serviço de hóspedes, mas mesmo assim ninguém a aceitou. De qualquer fora, Nicole orgulha-se de conseguir sustentar os filhos e dar-lhes um teto.

Gosto desta publicação -->

Deram pizza a um sem abrigo, o que ele fez com ela é emocionante

Cirurgia única no Mundo que devolve a visão a cego dos 2 olhos foi feita em Coimbra