Um homem está perto da morte por comer cerejas, cometendo um erro que muitas pessoas cometem

 

Esta é a história de Matthew Creme, um jovem de 28 anos, que se encontrava a comer cerejas e encontrou uma semente dentro de um caroço que trincou por acidente.

Matthew conta que a semente tinha uma textura semelhante à de uma amêndoa, e por diversão resolveu trincar mais 3 caroços.

Gosto desta publicação -->

Passados alguns minutos após comer os caroços das cerejas, Matthew ficou com dores de cabeça intensas e febre, pelo que seguiu para o hospital, onde foi tratado para envenenamento com um antídoto.

A verdade é que as cerejas possuem amigdalina, uma substância toxina existente em diversas espécies vegetais, que se converte em cianeto após ser consumida.

Esta substância encontra-se no interior do caroço, as tais “amêndoas” de que Matthew falava. Segundo a Agência Canadense de Inspeção de Alimentos, a dose fatal de cianeto varia entre os 0.5 e 3g por cada quilograma de peso corporal.

Para além dos caroços das cerejas, também os de damascos, ameixas, pêssegos e maçãs contêm amigdalina.

PARTILHE, é muito IMPORTANTE!

Cristina Ferreira partilha foto inédita: sem maquilhagem e despenteada

Imobiliária apresenta casa de luxo de forma original que convence qualquer pessoa