Idoso perde tudo em terramoto na Itália. Mas ao olhar para os pés da cama, ele repara que o seu bem mais valioso ainda está lá

Quem passa por catástrofes naturais, tais como tsunamis ou terramotos, fica numa situação verdadeiramente desesperante, pois em muitos casos são perdidos carros, casas, e pior, pessoas próximas.

Bedridden Antonio Putini, um idoso de 97 anos, conseguiu sobreviver ao terrível terramoto recente que se deu no centro da Itália, que devastou várias cidades e matou mais de 250 pessoas.

italia1-760x397

O idoso e a pessoa encarregue dos seus cuidados foram levados para um abrigo temporário.

Infelizmente, Bedridden ficou sem bens materiais…

Mas o bem mais precioso da sua vida nunca saiu do seu lado: o cão Bishon, de raça maltês!

Apesar do caos, o seu amiguinho de quatro patas não abandonou o dono, demonstrando um grande afeto para com ele.

Todas as pessoas que passavam pela cama do idoso ficavam verdadeiramente surpreendidas e emocionadas com a lealdada que o cão demonstrava para com o dono.

Durante este período difícil, tudo o que o idoso precisava era um pouco de consolo, assegurado pelo fiel Bishon.

italiaa-760x397

A cuidadora de Bedridden não ficou surpreendida com a atitude do animal, ao contrário das outras pessoas, pois “o cão é muito apegado ao dono, que disse que também não iria a nenhum lugar sem ele”.

A cumplicidade entre os dois é comovente, e é assim que vemos que os nossos amiguinhos de quatro patas estão sempre lá para nós, mesmo nos momentos mais complicados.

Se também ficaste emocionado com esta história, partilha!

Basta meio copo desta potente bebida para a tua imunidade subir às alturas

É por isto que as assistentes de bordo colocam as mãos por trás das costas para receberem os passageiros