Esta idosa nem imagina o que está a crescer no seu ombro. Quando o gato começa a comportar-se estranhamente, ela entende tudo.

PUBLICIDADE

Num dia de temporal, um gatinho preto e branco bebé apareceu à porta de Sue McKenzie, que se apaixonou por ele assim que o viu. Apesar de o marido não querer ficar com o gatinho, Sue sentiu que não o podia deixar, então batizou-o com o nome de Tom e ficou com ele.

041340efc00772fe2193856d0e2eea8e-800x600

Sue ficou cativada por Tom desde cedo, devido à sua atitude independente, e respeita o facto de este ter uma natureza selvagem e não apreciar muito o contacto humano.

PUBLICIDADE

Contudo, certo dia Tom começou a agir de forma totalmente diferente, seguindo a dona para todo o lado, saltando para o seu colo, dando-lhe pancadinhas no ombro esquerdo e no pescoço e miando a toda a hora.

Gosta desta página -->

356d1d87a1e37c42f01cfad129ccf737-800x5331

Preocupada, Sue resolveu levar o gato ao veterinário para perceber o que se passava, mas este assegurou-lhe que Tom estava totalmente saudável.

Voltaram para casa e Tom voltou a tentar chamar a sua atenção para a zona do ombro de Sue. Intrigada, Sue apalpou o ombro e descobriu que tinha um caroço!

PUBLICIDADE

Rapidamente foi ao médico, onde a diagnosticaram com Linfoma de Hodgkin, um cancro originado no sistema linfático.

O tratamento para este tumor é complicado, pois a pessoa tem de ser submetida a uma operação e várias sessões de quimioterapia.

Felizmente, um ano depois de tudo isto, Sue, avó de 2 netos, ficou finalmente curada do cancro.

“Eu devo a minha vida ao Tom. Mas ele não tem muita paciência para agradecimentos, porque voltou ao comportamento antigo, mantendo-se distante”, conta Sue.

Alguns animais, como é o caso dos gatos, parecem ter um sexto sentido muito apurado, e o facto de Tom ter conseguido perceber a alteração no corpo de Sue é realmente fascinante!

Gosta da nossa página no Facebook

PUBLICIDADE