in

Empresário tailandês oferece dote de 315.000 dólares a quem quiser casar com a sua filha

Arnon Rodthong, um homem tailandês de 58 anos, sonha com o casamento da filha Karnsita, uma jovem de 26 anos.

Porém, Karnsita, que se dedica a ajudar o pai na administração da empresa da família em Chumphon, onde têm muitas terras, ainda é solteira.

Para realizar o sonho de ver a filha casada, Arnon resolveu oferecer a quem casar com ela um dote de US$ 315 mil e a sua fazenda de durião, a maior da região, avaliada em vários milhões de dólares.

Para o conseguir, o pretendente deve cumprir três requisitos:

  • Não precisa de ser muito inteligente, mas tem de saber ler e escrever;
  • Deve ser trabalhador e absolutamente não preguiçoso;
  • Deve ter cuidado com o dinheiro e amar durião.

O durião é um fruto oval e espinhoso, revestido de “picos”, considerado o pior do mundo pois tem um cheio muito intenso e rançoso. A empresa de Arnon trabalha 50 toneladas deste fruto diariamente!

“Quero alguém que cuide dos meus negócios e os faça prosperar, não uma pessoa com um mestrado ou filósofo. Quero um homem diligente, alguém com uma atitude produtiva. Assim que tiver um genro, renunciarei a todos os bens para ele”, explica Arnon.

Quando questionada sobre o que achou da oferta do pai, Karnsita revelou ter reagido bem. “Fiquei surpreendida, mas também consigo ver o lado cómico. É verdade que ainda sou solteira, e se tenho de casar com alguém só quero que seja uma pessoa diligente e boa que ame a sua família”, disse a jovem.

Ainda assim, Karnsita alerta que pode entrar em conflito com o marido pois queria usar o dinheiro do dote para uma cirurgia plástica na Coreia.

Acrescentamos ainda que a tailandesa fala chinês e inglês fluentemente, e embora tenha irmãos mais velhos, nenhum deles levantou problemas relativamente à proposta do pai.

PARTILHE!

Homem modifica caiaque para que os seus cães possam acompanhá-lo em aventuras

Cadelinha fica triste em abrigo até se reencontrar com o bombeiro que a salvou de abusos