in

Mãe encontra 25 marcas de mordidas na filha após dia na creche

Certo dia, como era costume, Alice foi buscar a filha Rosalynn à creche depois do trabalho. Em casa, constatou que a bebé de 15 meses, que costumava estar sempre bem-disposta, estava muito agitada e sensível ao toque.

Quando começou a trocar a roupa da menina, Alice ficou sem cor. A pequena tinha o corpo cheio de marcas de mordidas, um total de 25! Desolada, Alice desatou a chorar.

“O meu estômago ficou revirado. Eu estava zangada e triste ao mesmo tempo. No início, não quis acreditar. Aquilo era mesmo marcas de mordidas? De repente, eu não conseguia formular qualquer pensamento e comecei a chorar. O facto de ninguém me ter informado sobre isto quando a fui buscar é muito preocupante”, disse a mãe de Rosalynn.

Entretanto, Alice dirigiu-se à polícia para apresentar queixa contra a creche, porque ainda que as autoridades tenham dito que as mordidas eram de criança, a menina devia ter sido devidamente supervisionada e protegida.

“Como ninguém interveio, as crianças provavelmente foram deixadas sozinhas ou os responsáveis deliberadamente ignoraram os gritos da Rosalynn. Eu não sei, mas tantas mordidas devem ter demorado muito e a minha filha deve ter feito muito barulho”, acrescentou Alice.

A investigação ainda está a decorrer, pelo que ainda não há conclusões, mas esperemos que Rosalynn consiga recuperar sem danos ou traumas permanentes.

Cadela usada para reprodução é resgatada após viver trancada num porão toda a vida

Soldador inexperiente encontra problema após soldar parte de uma grade numa varanda