Juíza permite que prisioneiro conheça o filho de 1 mês, e o vídeo derreteu as redes sociais

Os Estados Unidos da América são um país conhecido pela sua severidade e indiferença no tratamento dos prisioneiros, que hoje são mais de 2 milhões.

Felizmente, nem todos os casos são assim, como vamos ver hoje. Esta é a história de James Roder, um jovem de 24 anos, que foi condenado a uma pena de prisão por roubo.

Para além disso, James recebeu ainda uma ordem judicial que o impede de contactar com a esposa Ashley, também acusada pelo mesmo crime.

Durante a detenção de James, a mulher deu à luz o filho deles, e a juíza Amber Wolf, responsável pelo seu caso, reviu o mesmo.

A juíza decidiu permitir que ele visse o filho por alguns momentos, e esse encontro deu-se no tribunal.

As lágrimas de James emocionaram todos os presentes, incluindo a juíza Wolf. “Eu instaurei uma ordem de restrição entre vocês e isso não vai mudar. Estou a abrir uma exceção temporária, diante do júri, para que possas conhecer o bebé. Ele é teu filho”, disse a mesma.

Veja o vídeo emocionante e PARTILHE!

Mãe pensava que a bebé tinha ficado no incêndio, mas o cão sacrificou-se para a salvar

A performance arrepiante desta menina deixa um dos jurados a lutar contra as lágrimas