Viralizou: o homem sentou-se assim ao lado de uma mulher no supermercado

Comovente!

Brittany McKee, uma mulher grávida residente na Geórgia, EUA, estava no supermercado quando testemunhou um momento que a marcou particularmente.

Uma senhora, que estava a fazer compras, sentiu tonturas e caiu, e perante essa situação, um dos empregados prontificou-se a dar-lhe o seu ombro como apoio enquanto aguardavam pelas urgências.

Comovida, Brittany resolveu fotografar o momento e partilhá-lo nas redes sociais com a seguinte legenda:

“Depois da minha consulta de manhã para ver o nosso bebé, o meu marido e eu parámos no Walmart para comprar algumas coisas. Quando estávamos na seção de congelados, vimos uma mulher que tinha desmaiado e caído no chão. Como sou enfermeira, o meu primeiro instinto foi, claro, parar, avaliar a situação e ajudá-la.

Ela tinha recuperado a consciência, mas disse que estava a tomar medicação para o sangue e se sentia tonta. Assim, eu fiquei com ela, juntamente com sua filha e o funcionário do Walmart, até que chegou a ambulância, e tratei de animá-la para que ela ficasse sentada. A equipa do Walmart foi incrível. Eles mantiveram contato o tempo todo enquanto esperavam pela ambulância. Em especial, Jason. Não sei o seu apelido, mas esse homem, sem fazer nenhuma pergunta, sentou-se no chão com a mulher e apoiou-se no seu ombro para que ela recuperasse.

Ele literalmente ficou no chão para servi-la, não porque lhe pediram que fizesse isso, mas porque queria. Atualmente, os meios de comunicação mostram o nosso país dividido, cheio de ódio e tensão racial, mas neste momento eu vi um ser humano amar e servir outro sem se importar com a raça. Enquanto esperávamos, outro homem parou, ajoelhou-se e orou pela mulher.

O que vivenciei hoje foi amor, bondade e caridade. Somos seres humanos, cada um de nós, independente de quanta pigmentação a nossa pele tem ou não. Não podia deixar de partilhar, pois a mídia não parece informar sobre isto, sobre as coisas positivas que acontecem. Isto aqui é a vida real, é disto que se trata, não de ódio.”

Felizmente, a senhora já está recuperada, e a publicação de Brittany tem inspirado muitas pessoas pelo mundo inteiro.

PARTILHE!

Nervos de aço: menina luta contra crocodilo para sobreviver

Piloto de rali prodígio de 17 anos fez finalmente o exame de condução