in

Idoso de 75 anos socorre cão atropelado em carrinho de mão

Esta é a história de Seu Nelson, um senhor de 75 anos, que ajudou um cãozinho atropelado com o auxílio de um carrinho de mão.

O idoso andou cerca de um quilómetro ao sol, de casa ao hospital veterinário, em Rondonópolis, no Mato Grosso.

Érico Xaolin, o veterinário de serviço, revelou que o cão foi abandonado por um ex-vizinho de Seu Nelson, que passou a alimentá-lo, até este ser atropelado no final do mês passado.

Sem hesitar, o idoso pegou no seu carrinho de mão e levou o pobre cão ao hospital, onde curaram os seus ferimentos.

Infelizmente, o cão estava a vomitar muito, não conseguia alimentar-se, e tinha o abdómen distendido. O veterinário concluiu que se tratava de rutura de bexiga e operou o animal, retirando 1,5 L de urina da sua cavidade abdominal. No final, também castrou o cão.

No dia em que o cão recebeu alta, Seu Nelson queria pagar as despesas dos tratamentos, mas só tinha possibilidade para tal quando recebesse o dinheiro da reforma, daí a dias. Contudo, o veterinário disse para o senhor não se preocupar, pois para ele chegava o facto de ter adotado o cão, que foi batizado de Chiquinho.

“Ele estava preocupado porque só recebia a reforma no dia 7 de novembro. Eu vi a situação dele e disse que o ajudaria. Eu não estava muito preocupado com essa conta, quis mesmo ajudar”, disse Érico.

Ainda assim, Seu Nelson continuou preocupado, porque não achava justo o veterinário não receber pelo trabalho feito.

Entretanto, mais pessoas ficaram a saber desta história ao lê-la no Facebook de Érico, e uma pessoa disponibilizou-se para pagar as despesas. Com ela, outras surgirão.

Um dos filhos de Seu Nelson também foi ao hospital entregar dinheiro, devido à insistência do pai. Ainda assim, Seu Nelson faz questão de aparecer na clínica para mostrar a sua gratidão.

Veja o momento em que Seu Nelson regressa a casa com Chiquinho, tal como chegou ao hospital veterinário… deitado no carrinho de mão. PARTILHE!

Porque é que a avó materna é tão importante na criação de uma criança

Jennifer Nettles canta uma mistura de “Hallelujah” e “O Holy Night” e deixa todos arrepiados