Casados há 63 anos, casal morre com minutos de diferença. Momentos mais tarde, filho repara no inexplicável

Henry e Jeanette De Lange passaram 63 anos de casamento loucamente apaixonados, juntos nos bons e maus momentos. Mesmo depois de Jeanette ser diagnosticada com a doença de Alzheimer e colocada numa clínica de repouso, e de Henry ser diagnosticado com cancro da próstata, ele ainda fez questão de visitar a sua esposa várias vezes por dia!

Com o passar dos anos, ambas as condições pioraram e os médicos disseram aos cinco filhos De Lange que não havia mais nada que pudessem fazer pelos seus pais. Sentindo o seu destino, Henry pediu para ser colocado na mesma casa de repouso que Jeanette para que eles pudessem passar os dias que lhes restavam juntos. Várias semanas depois de estarem reunidos, as coisas pioraram. Os médicos repararam no pulso fraco de Henry e perguntaram-se em voz alta se ele seria o primeiro a partir.

Mas enquanto a família estava sentada e a ler uma passagem da Bíblia, Jeanette foi chamada ao céu. O filho deles, Lee, olhou para o pai e disse que a mãe tinha partido e que ele poderia parar de lutar, se quisesse. Então, cerca de cinco minutos depois, Henry também faleceu.

Lee explicou como as suas mortes afetaram a família: “é uma daquelas coisas pelas quais você não ora, porque parece ser mau, mas você não poderia pedir nada mais bonito”. Mas aí, ele olhou para o relógio e reparou em algo que lhe tirou o fôlego, e que até hoje ele não conseguiu explicar…

Veja o vídeo abaixo para descobrir!

Jurados ficam em lágrimas quando 11 meninas sobem ao palco com coreografia absolutamente incrível

8 Coisas Que O Micro-Ondas Pode Fazer Que De Certeza Não Sabia…