in

12 factos sobre cães que provavelmente desconhece

Se adora animais, em especial cães, vai adorar as curiosidades que trazemos hoje sobre eles para si.

Aqui ficam alguns factos interessantes sobre cães que provavelmente não conhecia:

  • Os cães não vêm dos lobos

Embora o ADN dos lobos corresponder em 99% com o dos nossos adorados animais de estimação, são apenas parentes muito distantes.

  • Os cães são campeões em variedade de tamanhos e formas

Graças ao processo de reprodução, existe uma grande variedade de raças de cães, em termos de cores, tamanhos, formas, pelagem e outras características físicas. Ao todo, o número é maior do que qualquer outro mamífero doméstico ou selvagem – número esse que ronda as 400 raças, e que pode crescer por causa da seleção artificial.

  • Os cães têm um segundo nariz

O segundo nariz dos cães, conhecido como o órgão vomeronasal ou órgão de Jacobson, consiste num recetor do “olfato”, que não é recetivo aos odores comuns. Assim, os cães têm um nariz sensível e outro supersensível.

  • O nariz de um cão tem uma impressão única

A impressão do nariz de um cão é única, tal como as impressões digitais dos humanos, e pode mesmo ser utilizada para identificar o animal.

  • Às vezes os cães fingem estar doentes só para chamar a atenção

Muitas pessoas com cães garantem que estes aprendem naturalmente a fingir que estão doentes para ter mais atenção e mimos.

  • Os cães conseguem reconhecer as cores

Durante muito tempo, pensava-se que os cães viam tudo a preto e branco, mas a verdade é que eles conseguem reconhecer algumas cores – apenas não tantas como nós. Eles conseguem percecionar a cor verde, amarela e azul, mas não o vermelho, que veem como cinzento-escuro.

  • Os cães podem sorrir

Os cães têm a capacidade de sorrir, mas nem sempre pelos mesmos motivos que nós. Aparentemente, fazem-no para convencer o dono a dar-lhes mimos. Contudo, um sorriso nem sempre é indicador de felicidade, e pode até mesmo ser um sinal de nervosismo.

  • Os cães só dormem de barriga para cima em lugares onde se sentem seguros

Muitos animais de estimação dormem de barriga para cima, postura de grande vulnerabilidade, mas não até se sentirem seguros e confortáveis. Por isso, se o seu animal de estimação nunca dorme assim, pode significar que não se sente totalmente seguro ao seu lado.

  • Os cães não sentem culpa

Segundo os cientistas, o olhar que muitos entendem como sendo de arrependimento, e apenas uma reação ao comportamento dos donos no momento. Na verdade, o sentimento de culpa é bastante complexo, e os cães apenas têm medo e aprendem aquele olhar que deixa os humanos derretidos.

  • Nós mudámos o desenvolvimento dos cães

De acordo com um estudo, as pessoas desenvolveram uma variante do chamado Síndrome de Williams nos cães, de forma involuntária. Eles distinguem-se dos lobos devido às variações nas características dos genes GTF21 e GTF2IRD1. Estas mesmas modificações estruturais tornaram possível a amizade com cães, e é por isso que eles são muito mais sociáveis do que os seus parentes distantes.

  • Os cães procuram instintivamente o contacto com as pessoas

Os instintos de um cão indicam-lhe que a melhor forma de sobrevivência é estar perto de humanos, razão pela qual muitos se sentem agitados quando ficam em casa sozinhos. Quando isso acontece, sentem que foram abandonados e que já ninguém vai cuidar mais deles.

  • Os cães são muito apegados às pessoas

Apesar de muitos mamíferos conseguirem sentir emoções como o amor, medo e ansiedade, os cães são conhecidos por expressar mais sentimentos que qualquer outro animal e até mesmo entenderem a linguagem corporal e o tom de voz das pessoas.

  • Bónus: as pessoas que têm cães dormem melhor

Deixar o seu melhor amigo de quatro patas dormir no seu quarto pode ajudar a melhorar a qualidade do seu sono.

PARTILHE!

16 transformações de cabelo que deram um novo ar às pessoas

15 pessoas que ficaram irreconhecíveis depois de perderem peso