Com apenas 7 semanas, o bebé morreu por causa de um detalhe que ninguém tinha descoberto. Isto não pode acontecer de novo

PUBLICIDADE

Os bebés recém-nascidos necessitam de toda a atenção por parte dos pais, todo o cuidado é pouco principalmente nas primeiras semanas de vida, por causa da sua fragilidade. Quando nascem, a maior parte do tempo é passado no berço, em média um recém-nascido dorme cerca de 15 horas por dia. Uma das coisas mais importantes para o seu bem estar é sem dúvida o berço.

Esther Roseman, não foi excepção, e de tudo fez para que a sua filha Grace tivesse o melhor conforto possível. Esther comprou um berço para que a sua filha de sete semanas pudesse dormir ao seu lado. Mas este berço tinha uma função que lhe permitia baixar na totalidade uma das laterais, e foi esse pequeno detalhe que acabou por ser fatal.

 

bebe-morte-3-760x1000

PUBLICIDADE

A pequenota estava a dormir quando rebolou do berço na direcção da cama dos seus pais. Quando Esther olhou para ela cerca de uma hora e meia após a ter deitado, Grace já estava morta, “No dia 9 de abril, a nossa linda bebê Grace que tinha só 7 semanas, foi declarada morta. Ela conseguiu passar o pescoço sobre o topo da cobertura lateral do berço e morreu por asfixia”.

Depois dos médicos legistas determinarem a causa da morte da bebé, Esther mostrou-se também preocupada com o que pudesse acontecer com outras famílias, que tivessem adquirido o mesmo berço. “Ao início senti um pouco de compaixão pelos fabricantes pois achei que eles estariam muito arrependidos e devastados. Infelizmente, eles não parecem acreditar que o modelo do berço foi a causa de morte de Grace”, afirmou a mulher.

Gosta desta página -->
bebe-morte-760x397

Gosta da nossa página no Facebook

Este tipo de berço já foi proibido nos Estados Unidos e no Canadá, mas ainda continua a ser comercializada em alguns mercados internacionais. Depois do sucedido a empresa resolveu modificar o desenho relativamente ao original, e colocou à disposição um kit para todas as pessoas que tenham adquirido o modelo antigo, para o poder modificar.

Esther ainda tem preocupação com as pessoas que adquiram este produto em segunda mão, visto não serem controladas pelos fabricantes, podendo assim voltar a causar uma tragédia. De todas as formas deve-se sempre consultar os manuais de qualquer berço para que a sua utilização seja a mais segura.

 

bebe-morte-2-760x397

PUBLICIDADE

Todo o cuidado é pouco nestas situações. Uma pequena distração pode tornar-se fatal… Devemos PARTILHAR esta história antes que seja tarde demais para outras famílias!

PUBLICIDADE