in

9 hormonas que nos fazem ganhar peso e formas de as controlar

Algumas das razões mais associadas ao excesso de peso são a falta de exercício físico e uma má alimentação, e muitas vezes esquece-se que as hormonas também podem estar relacionadas.

Fatores como o stress, a idade, a genética e más escolhas podem resultar num desequilíbrio hormonal, que por sua vez causa obesidade.

De seguida, vamos dar-lhe a conhecer 9 hormonas que fazem ganhar peso e como controlá-las:

  • Hormonas da tiroide

A glândula tiroide situa-se na base do pescoço e produz as hormonas responsáveis pela manutenção do metabolismo do corpo. Quando a tiroide produz hormonas a menos, dá-se o nome de hipotiroidismo, que pode fazer a pessoa ganhar peso, especialmente por causa da acumulação de água no corpo.

Para ajudar a regular, consuma sal iodado e alimentos bem cozinhados, ricos em zinco (como ostras e sementes de abóboras), evitando vegetais crus. Tome também suplementos de vitamina D.

  • Insulina

A insulina é uma hormona produzida pelo pâncreas, que ajuda a levar a glicose para as células, onde ficará armazenada sob a forma de gordura ou utilizada como energia. Quando consumimos demasiados alimentos processados, podemos desenvolver resistência à insulina, o que faz com que as células não reconheçam a insulina ligada à glicose e passa a haver permanentemente glicose na corrente sanguínea. Assim, dá-se aumento dos níveis de açúcar no sangue, ganha-se peso e diabetes tipo 2.

Para prevenir a resistência à insulina, consuma vegetais de folhas verdes, frutas e legumes da época, peixes gordos, nozes, aceite e sementes de linhaça, por forma a aumentar a ingestão de ácidos graxos ómega-3. Beba pelo menos 4 litros de água todos os dias, faça pelo menos 4 horas de exercício por semanas e evite bebidas alcoólicas, lanches noturnos, refrigerantes e doces.

  • Cortisol

O cortisol é uma hormona produzida pelas glândulas suprarrenais quando estamos deprimidos, nervosos, stressados, com raiva ou feridos fisicamente, para diminuir os níveis de stress. Acontece que, atualmente, as pessoas estão constantemente stressadas, e isso causa um excesso de cortisol que pode engordar.

Para regular, durma pelo menos 8 horas todas as noites, evite alimentos processados, fritos e álcool, e pratique a respiração profunda (através de yoga e meditação pelo menos uma hora diariamente). Passe tempo com a família e amigos mais próximos, para relaxar.

  • Testosterona

A testosterona é considerada uma hormona masculina, mas as mulheres também a produzem. Esta hormona ajuda a queimar gordura, fortalece os ossos e os músculos e melhora a libido. Os níveis de testosterona nas mulheres podem diminuir consoante a idade e stress, e leva à perda de densidade óssea e massa muscular, pelo que podem engordar mais facilmente.

Para regular, faça exercício com regularidade, evite bebidas alcoólicas, tome suplementos de proteína e consuma alimentos ricos em fibras (como grãos integrais, sementes de abóbora e de linhaça).

  • Progesterona

O nível de progesterona pode diminuir pelo stress, uso de pílulas anticoncecionais, menopausa, e isso resulta no aumento de peso e em depressão.

Para evitar isso, faça exercício frequentemente, pratique meditação e faça o máximo para evitar o stress.

  • Estrogénio

O estrogénio é a principal hormona sexual feminina, e o seu desequilíbrio pode resultar em excesso de peso, seja por ser produzida a mais ou a menos. Na menopausa, os níveis desta hormona são bastante reduzidas, e quando a mulher está stressada, sobem radicalmente.

Para regular, consuma grãos integrais, legumes frescos e fruta, evite bebidas alcoólicas e pratique exercício com regularidade. Evite comer carne processada.

  • Leptina

A leptina é uma hormona que regula o equilíbrio de energia no organismo e inibe a fome. Ao comer alimentos ricos em açúcar, o excesso de frutose converte-se em gordura, que se aloja no fígado, barriga e outras áreas do corpo. Estas células adiposas produzem leptina, e quando mais esta hormona é produzida, mas o organismo deixa de sentir o efeito da sua ação, e o cérebro deixa de receber sinais para parar de comer.

Para melhorar isto, evite alimentos processados, ricos em açúcar e comer mais de 3 porções de fruta por dia. Consuma vegetais de folhas verdes escuras, durma 7 a 8 horas no mínimo e beba bastante água.

  • Grelina

A grelina é uma hormona produzida principalmente pelo estômago, e é conhecida como a hormona da fome, pois estimula o apetite. Os níveis de grelina sobem quando se está numa dieta muito rigorosa ou em jejum.

Para regular, faça exercício, coma a cada 2 a 3 horas, beba 1 ½ copos de água 20 minutos antes das refeições e consuma fruta fresca, vegetais e alimentos ricos em proteínas.

  • Melatonina

A melatonina é a hormona que regula o sono, e é libertada especialmente durante o sono. Esta hormona ajuda o corpo a regenerar-se, mas se não dormimos bem, esse processo é interrompido e causa stress e excesso de peso.

Para evitar isto, não coma antes de ir para a cama e não jante tarde. Tente dormir 8 horas por dia, num quarto escuro e frio, com as tecnologias desligadas.

PARTILHE!

Óculos dos chineses…

Tigre dá à luz bebé sem vida e deixa os tratadores chocados quando o seu instinto maternal entra em ação