in

Pessoal do jardim zoológico recusa-se a salvar chimpanzé que se estava a afogar, então este homem decide agir

O que começou como um dia típico no Jardim Zoológico de Detroit, rapidamente se transformou no caos para aqueles que estavam perto da exposição dos chimpanzés. Os espectadores assistiram enquanto dois chimpanzés brincavam entre si em torno da exposição, quando o impensável ocorreu.

Rick Swope estava de pé, em frente ao recinto e decidiu intervir e ajudar, em vez de assistir à margem.

Assim que os chimpanzés se começaram a perseguir um ao outro à volta das árvores do recinto, um deles escorregou e caiu no fosso que cercava a exposição. Era óbvio que o chimpanzé estava a lutar para se manter à tona, mas a equipa do jardim zoológico recusou-se a prestar socorro.

Rick disse que a situação foi desesperante e o animal parecia aterrorizado. “Foi a coisa mais lamentável que já vi. O chimpanzé tinha as mãos para cima e a cabeça a sair da água. Estava a olhar para a multidão, como que a pedir que alguém o resgatasse”, conta.

Depois de perceber que ninguém estava disposto a entrar em ação, Rick tomou a iniciativa: escalou a parede do recinto e mergulhou no fosso. A água escura tornou impossível localizar o chimpanzé, então olhou para a multidão acima, em busca de direções.

“As pessoas começaram a mostrar-me em que direção ele estava. A água estava tão suja que não dava para ver através dela. Eu nadei até ao fundo, e finalmente encontrei-o. Ele estava inanimado, mas dava para ver que ainda estava vivo. Ele estava a olhar para mim. Acho que ele sabia o que estava a acontecer, e nunca tentou fazer-me nada. Eu pensei: o que faço agora, respiração boca-a-boca a um macaco? Lembro-me de pensar que ele poderia morder se fizesse isso. Então, olhei para cima e vi que havia outro a descer a colina, com os dentes à mostra. Eu não sabia se ele estava a ir atrás do outro macaco ou de mim, mas corri dali para fora”, lembra Rick.

No momento em que Rick deixou o recinto, foi cercado por pessoas a torcer por ele e a dar-lhes palmadinhas nas costas – mas Rick disse que não fez nada daquilo pela atenção. Ele simplesmente não suportava ver um animal inocente perder a vida à sua frente.

Assista ao resgate heroico de Rick no vídeo abaixo e PARTILHE!

Tempestade em Malta provoca “chuva” de peixes

Suspeito algemado foge da sala de interrogatório com a maior das facilidades