in

Cigarro ultrapassa o plástico como maior responsável pela poluição dos oceanos

Para além de ser extremamente prejudicial ao corpo humano, o tabaco é, juntamente com o plástico, o maior responsável pela poluição dos oceanos.

O tabaco provoca bastantes doenças, como hipertensão arterial, enfarte, bronquite crónica, enfisema pulmonar, cancro do pulmão, da boca e da laringe, entre muitas outras.

Mas o que muitos não sabem é que para além de um perigo para aos humanos, o tabaco representa também uma grande ameaça para a vida marinha.

Segundo a Ocean Conservancy, patrocinadora anual de limpeza de praias, foram colhidos em 32 anos mais de 60 milhões de beatas dos mares, o que coloca o tabaco em primeiro lugar na lista de responsáveis pela poluição oceânica, mesmo acima do plástico.

Atualmente, as beatas correspondem a 1/3 dos materiais retirados do fundo do mar, sendo que foram encontrados resíduos de cigarros em 70% e 30% das aves e tartarugas marinhas, respetivamente.

Thomas Novontny, fundador do Projeto de Poluição dos Beatas de Cigarro, revelou que são produzidos aproximadamente 5,5 triliões de cigarros anualmente, sendo que a maioria é leva filtros de acetato de celulose, que precisa de mais de 10 anos a decompor-se por completo.

Infelizmente, os oceanos e os animais são as maiores vítimas deste negócio humano, que até às pessoas faz tanto mal.

PARTILHE, é muito importante divulgar!

A sublime iniciativa do Hospital de Madrid com as suas crianças internadas

Leia a suposta carta de Einstein para a sua filha sobre a força universal do amor